Glossário
Alfinete Pequena haste fina de metal com ponta que serve para prender objetos. O alfinete tem vários tamanhos e formatos. Eles podem ser finos e médios com cabeças pequenas e chatas, para marcar peças de roupa para a costura, curtos com cabeças de plástico colorido, para colocar em quadros de cortiça ou mapas de localização. Também há aqueles que seguram as fraldas de criança, com duas hastes e uma cabeça com encaixes, que liga os dois lados.
Alinhavar Preparar para a costura, ajustando e dispondo a pontos médios, delinear. O Alinhavo é uma costura provisória a ponto médio para guiar a costura definitiva.
Bainha É a dobra da barra do tecido de calça, saia, vestido ou casaco. É um arremate que faz a diferença no acabamento da roupa.
Bainha Escondida A bainha escondida é feita apanhando um fio da própria peça, agarrando automaticamente com outro fio da dobra na peça.
Bainha em Espinha de Peixe Na bainha em Espinha de Peixe, a agulha corre em dois níveis, dando pontos grandes na parte dobrada da bainha e nos pontos pequeninos, apenas tomando o fio, no avesso da saia, feita em espinha cruzada, bainha que se utiliza em calças e saias.
Bainha invisível A bainha invisível apanha um fio e agarra num outro fio de forma a não se ver em ambos os lados.
Botões com pé Pregam-se com 1cm de linha de pé. Aplicação em casacos de fazenda grossos e blusas que sejam justas para não abrir no peito.
Botões invisíveis Pregam-se numa parte e nunca deverá agarrar a outra parte do tecido.
Botão normal O nó deverá ficar escondido debaixo do próprio botão procurando que do avesso a linha não se veja.
Casear Abrir casas para os botões.
Chuleado O chuleado é uma costura em ziguezague feita na beira do tecido para dar o acabamento e evitar que este se desfie.
Chulear Dar ponto de costura ligeiro na borda de um tecido, para que não desfie.
Debrum Tipo de arremate e enfeite criado pela aplicação de fitas, galões ou tiras nas bordas de qualquer tecido.
Dedal É uma proteção feita à medida dos dedos humanos, que auxilia na proteção do dedo durante a costura. Usa-se no dedo médio quando se costura. alem de ser um utensílio.
Drapeado Efeito produzido por dobras e pregas de um tecido. Aplica-se em blusas, vestidos e saias.
Embeber É unir, na mesma costura, duas partes de tamanhos diferentes, de forma que venham a ficar ambas com o mesmo tamanho, sem que a parte que era a maior fique pregueada nem franzida.
Empastar Marcação feita com um alinhavo largo. Um tecido é colocado sobre o outro, ou seja, avesso com avesso, seguindo o mesmo correr do fio, para assim conseguirmos que, uma vez separadas as duas partes correspondentes fiquem simétricas.
Evasê É a modelagem de saia ou vestido que se vai alargando gradualmente na parte inferior.
Fio do Meio É a designação utilizada quando se fala no meio da peça de tecido (blusa, saia, vestido, manga, etc.)
Fita de Viés É um tipo de acabamento em tira ou fita dobrado e costurado na borda de um tecido. Também conhecido como fita de viés.
Folho É uma aplicação sobreposta com um efeito franzido.
Franzir Utiliza-se para criar roda na peça. Podendo esta, ter várias aplicações, como dar forma a uma determinada situação.
Galão Tira de tecido bordado ou fios trançados, usado como arremate ou enfeite em roupas infantis, femininas, uniformes e decoração.
Manga Parte de uma peça de vestimenta onde se encaixam os braços. Existem vários tipos de mangas: bufante, japonesa, morcego, presunto, raglã e três-quartos.
Medidas São os valores das dimensões da pessoa, tais como as alturas, larguras ou comprimentos da pessoa.
Modelo É o desenho/figurino, escolhido mediante o gosto da pessoa, tendo em conta o tecido e sua metragem.
Molde É o desenho realizado em papel pelas medidas da pessoa, sendo posteriormente colocado sobre o tecido para cortar. Sendo de salientar que os moldes são feitos à medida do corpo da pessoa, não tendo por isso, valor de costura, sendo esta dada na altura do corte da peça.
Nervura Dobra fina ou prega que se destaca num tecido e forma uma risca ou desenhos. No lugar em que se faz a nervura o pano estreita.
Nesga Peça de tecido triangular que é adicionada por exemplo nos calças, quando estas ficam rompidas entre pernas fazendo-se esta aplicação.
Pesponto Cria um efeito de ponto corrido em determinada peça, seja ela saias, casacos, capas, etc.,tendo este, uma determinada dimensão, que pode ir de 0,5cm a 1cm de comprimento.
Picos São pontos dados em simultâneo em ambas as peças de tecido, tendo uma altura aproximada de 2,5cm, fios esses que servem para desenhar os moldes no tecido, ao qual depois são cortados entre as peças, sendo estas alinhavadas posteriormente para uma prova.
Pinças É uma costura que ajuda a ajustar a cintura sem que faça prega, são pregas cosidas para dentro, terminadas em bico, que servem para enformar e dar ajuste de cintura e caixa de peito, sendo colocadas nos cortes/modelos sem serem visualizadas. Também conhecidas por “pinças anatómicas”, pois são pregas ocultas, feitas de modo a notarem-se o menos possível.
Ponto de Segurança É um ponto utilizado para reforçar as costuras, ou seja, para fazer um remate mais prefeito e com uma maior segurança da própria peça. Pode-se utiliza-lo também posteriormente para fazer o pesponto
Prega É uma dobra feita no tecido para dar forma à roupa. É realizada através da medida da cinta e da anca da pessoa.
Prova Esta pode ser dividida em duas, ou seja, a 1ª prova, serve para ajustar a peça ao corpo da pessoa, para isso, é fundamental passar fios pelos sítios que é necessário proceder aos ditos ajustes, a 2ª prova, poderá ou não ser realizada, se for necessário verificar se a peça em si, esta de acordo com a 1º prova. Se estiver tudo em coerência, a peça é cosida e dando-se por finalizada.
Saia Godé Peça de cintura marcada e de caimento volumoso.
Trespasse Tecido dado a mais em ambos os lados, que se sobreponham.
Viés Tipo de corte contra o fio do tecido, que cria um caimento suave. Tecido cortado na diagonal em relação ao correr do fio.
Vistas Tecido que se volta para dentro em qualquer peça de vestuário que seja aberta na frente.